terça-feira, 23 de novembro de 2010

Os 10 piores filmes de vampiros, mas melhores que Crepúsculo

Listinha básica de dez filmes de vampiros que eu acho péssimos, mas em comparação a essa franquia multimilionária, são verdadeiros clássicos da sétima arte.

Levei em consideração a facilidade de ser assistir a esses filmes, é claro que existem muitos outros.

Confira a relação...

1 - Van Helsing - o Caçador de Monstros (Van Helsing, EUA,2004)

Direção: Stephen Sommers

O enredo, produzido por Stephen Sommers, pegou tudo que era referencia aos grandes monstros da Universal tacou no lidificador e juntou isso com a sua direção histérica e nos brindou com um Van Helsing,interpretado pelo “Wolverine”. Hugh Jackman em um quase 007 dos livros de terror. Bobagem que às vezes diverte e muitas vezes cansa.

2 - Um Vampiro no Brooklyn (Vampire in Brooklyn, EUA, 1995)

Direção: Wes Craven

O diretor de O Massacre da Serra Elétrica se junta a Eddie Murphy em um roteiro que tinha de tudo.Terror, comédia, romance e policial, mas o que foi que deu errado? Até hoje ninguém explica. Tentando repetir o sucesso do filme Blacula de 1972, Eddie Murphy apena colocou mais um prego no seu caixão cinematográfico. Um dos piores filmes do ex-astro.

3 - A Rainha dos Condenados (Queen of the Damned, EUA, 2002)

Direção: Michael Rymer

Não adiantou ter trazido a “mãe” dos vampiros, Anne Rice, para fazer o roteiro do filme. A escritora misturou o segundo livro da sua série, “O Vampiro Lestat”, com esse do título e fez uma confusão na cabeça dos fãs.

Aliado aos atrasos das filmagens e a inesperada morte da atriz principal em um acidente aéreo, (Aaliyah) pouco antes da estreia mundial, os produtores acabaram com uma das mais promissoras series cinematográficas de todos os tempos.

4 - Dracula 2000 (Idem, EUA, 2000)

Direção:Patrick Lussier

Wes Craven (sempre ele) pegou esse filme para produzir e quando viu a bomba nas mãos resolveu dar de “presente” ao diretor Patrick Lussier. O filme mostra o lendário Drácula, na contemporaneidade. Direção nula, roteiro sem emoção, e ainda por cima temos que engolir que o conde Drácula na verdade é Judas Iscariotes... tem cabimento?

5 - Buffy, a Caça-Vampiros(Buffy the Vampire Slayer, EUA,1992)

Direção: Fran Rubel Kuzui

Vamos logo explicando: SERIADO Buffy – A Caça-Vampiros é um dos mais inteligentes e sombrios seriados sobre vampiros dos últimos tempos. Ele teve sete temporadas e uma oitava em quadrinhos, para você ver como ele é adorada, e gerou um Spin-Off, a série Angel, também considerada excelente e que teve cinco temporadas e uma sexta em quadrinhos. Agora, o filme...

O enredo é fraco, a gracinha Kristy Swanson não segura o filme, o diretor não tem noção de historia, ritmo, ação, suspense ou terror, como comédia não funciona. Não era o que imaginava o diretor enfim a película é desastre. Ainda bem que o criador Joss Whendon conseguiu levar adiante o seu projeto.

6 - Vampiros - Os Mortos (Vampires: Los Muertos, EUA,2002)

Direção: Tommy Lee Wallace

Continuação do filmaço “Vampiros”, de John Carpenter, resultou em decepção, com roteiro fraco e produção idem. A continuação nunca convenceu e ainda mais, tem Jon Bom Jovi no elenco. Só para quem é fã mesmo.

7 - Vampiros do Deserto (The Forsaken, EUA, 2001)

Direção: J.S. Cardone

O imprestável J.S. Cardone, pega carona no filão de filmes de vampiros. Nem a ajuda dos astros da TV na época, Kerr Smith e Brendan Fehr, salva o filme de descer direto ao limbo cinematográfico, ruim de doer.

8 – Anjos da Noite (Underworld, EUA/HUN – 2003)

Direção : Len Wiseman

Imagine uma guerra milenar entre vampiros e lobisomens, imaginem uma história de amor idêntica a Romeu e Julieta, imagine muito tiros e ação desenfreada a lá Matrix... Imaginou?

Pois bem, Anjos da Noite tem tudo isso e provoca um sono incrível no espectador, mas fez sucesso e gerou mais duas continuações que também dão um sonooooooo...

9 – BloodRayne (Idem, 2006, ALE/EUA)

Direção: Uwe Boll

O pior diretor da atualidade (quase um Bruno Mattei ), o alemão Uwe Boll, autor de varias bombas cinematográficas, resolveu adaptar um famoso jogo de vídeo-game para as telonas. Chamou um monte de caras conhecidas e desovou essa porcaria. Ele achou um baita filme e fez duas seqüências: BloodRayne2– Libertação ( igualmente ruim) e BloodRayne 3: The Third Reich, que não vi.

10 – O episódio da serie da TV Arquivo X – 3 ou A Trindade (1994)

Direção: David Nutter – 2 Temporada, episodio 7

Uma palavrinha antes: o seriado que teve nove temporadas e dois filmes para a telona. Foi um dos mais fantásticos programas de ficção da TV americana e mundial, fenômeno nunca antes imaginado. Mas em se tratando de um seriado é claro que existem episódios fracos ou até ruins, e “A Trindade” é um deles.

Em uma época em que a personagem feminina da serie estava afastada por gravidez, o agente Mulder luta contra um trio de vampiros para poder acabar com uma serie de assassinatos. O que me decepciona nesse episodio, um dos poucos se diga de passagem, é o fraco roteiro e uma inversão total do tema vampiros. Fraco do começo ao fim, ele nos mostra que nem tudo é um mar de rosas em uma serie de tamanho sucesso.


ORIGINALMENTE PUBLICADO: http://www.painelnoticias.com.br/mondo-bizarro

3 comentários:

Felipe M. Guerra disse...

Eu colocaria o Drácula 3000 no lugar do Drácula 2000. Esse sim é dose, passaram-se mil anos e a ruindade só piorou!!!!

TITARA BARROS disse...

Hehehe... vc tem razão Guerra, Drácula 3000 deve ser um lixo mesmo, eu corro do filme que nem vampiro da cruz desde que li sua a resenha.

Yadira Cervantes disse...

Dois dos meus passatempos favoritos está assistindo sitcoms e ler obras literárias, mas se se trata de produções de vampiros, concentrar a minha atenção mais sobre isso. Por exemplo, uma outra série deste gênero que eu gosto é True Blood em su, séptima temporada A Recomendo mutio , eu uma gran serie que vale la pena ver.